A Obra dos Diáconos
Atos 8
Irmão Fernando
Estevão
Estevão - do grego Stéphanos,  significado: Coroa
Querer fazer a Obra – Há trabalho para todos, mas as vezes estamos escolhendo fazer o que todos estão vendo. Estevão e os outros diáconos, apesar de grandes conhecedores da Palavra, aceitaram traballhar focados no atendimento aos necessecitados e as viúvas. No entento, apesar de estar execercendo seu ministério de forma social, deixa-nos perceber que ele atendia também as necessidades espirituais das pessoas e seu testemunho de fé começou a irritar os religiosos de então.
Estevão o pregava com Sabedoria, dado o testemunho que dá sobre Jesus, desde o início de tudo, e que costumamos chamar de defesa, entendemos que ele era um grande conhecedor da Palavra e, frente a dificuldade que se abateu sobre ele e a certeza que não ia sair daquela situação vivo, ele simplesmente encarou a verdade e declarou-a. E esta sabedoria, que era ungida pelo Espírito Santo é confirmada quando de sua chamada: Escolhei, pois, irmãos, dentre vós, sete homens de boa reputação, cheios do Espírito Santo e de sabedoria, aos quais constituamos sobre este importante negócio. (3) E este parecer contentou a toda a multidão, e elegeram Estêvão, homem cheio de fé e do Espírito Santo, e Filipe, e Prócoro, e Nicanor, e Timão, e Parmenas e Nicolau, prosélito de Antioquia (;) (Atos 6 – 1 e 3)
Quando enfrenta a acusação e sua setença demorte, Estevão não se justifica,Ele aproveita o momento em que é acusado de crimes e pecados que não cometeu e dá testemunho de Jesus.
Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o reino dos céus; Bem-aventurados sois vós, quando vos injuriarem e perseguirem e, mentindo, disserem todo o mal contra vós por minha causa.(Mateus 5 - 10 e 11)

Na história de Estevão fica claro que muitas vezes o excessos são prejudiciais, sejam ele pra o que consideramos certo ou o que é errado. Aqui, o excesso de zelo causa Prejuizo, zelando pela Lei, mataram o pregador da Graça. Que nós possamos evitar matar os obreiros do Senhor com excesso de zelo, ou por qualquer outro motivo. Que possamos permanecer focados na Palavra e lembremo-nos que o Ide é para todos.
Irmão Fernando