Translate this Page

Rating: 3.0/5 (463 votos)




ONLINE
1




Bate-Papo IPCO

  


Get your own Chat Box! Go Large!

 


Nosso Blog

Leia, siga, comente e seja abençoado.

Pastor Sérgio

  

 

 


Total de visitas: 86719
 
Pastores Solteiros - Homens livres para o Altar

 

Pastores Solteiros - Homens livres para o Altar

Pastor Sérgio Carlos da Silveira

 

O apóstolo Paulo, solteiro, apesar de sua situação anterior deixar claro que ele, para ocupar a posição que exercia deveria ter sido casado, ensina que os solteiros tem mais tempo para cuidarem das coisas de Deus.

 

No próprio capítulo 7 de I Coríntios ele afirma que não estava dando uma nova lei, estava na verdade fazendo uma concessão. Para ele o que se costuma chamar de celibato era algo proveitosos, para aqueles que têm domínio de sua sexualidade e procura agradar a Deus em todo o tempo.

 

E não só solteiros, ele também incentiva as viúvas que cuidem da obra de Deus (7.34) no versículo 35 ele deixa claro que para os solteiros o servir a Deus em tempo integral é desimpedido, pois este não tem o dever de agradar a mais ninguém.

 

O próprio Senhor Jesus, em esclarece sobre o celibato/eunuco, quando afirma que alguns destes conseguiam manter-se fiel por opção. Jesus não estava ensinando a automutilação quando afirmou que era possível ao homem e manter-se puro e renunciar ao mundo e a sua própria sensualidade para servir a Deus.

 

Em João 10,19 o Senhor afirma que o bom pastor (citando Ele) dá a vida pelas ovelhas. Este dar no sentido de sacrifício. Ele não condicionou o pastorado. A única coisa que Ele deixa claro a importância do sacrifico apenas. E qual seria este sacrifício hoje? Abrir mão de muita coisa ou de tudo para servi ao seu rebanho.

 

Crítica:

 

Alguns dizem que é importante que os pastores serem casados para evitar o falatório e que os pastores andem sozinhos pelas casa das irmãs.

 

Refutação Bíblica:

 

É um absurdo e que pode ser combatido com a citação de Jesus ao enviar seus discípulos de 2 em 2,, onde não especificou que deveria ser marido e mulher. Provavelmente estava dando abertura para que houvesse vigilância. Assim, se este é o caso, se de fato se faz necessário, os pastores solteiros podem ir à casa das pessoas acompanhados de outros obreiros. (Mac. 6,7) Isto se acharem necessário, pois em geral as pessoas convivem em família e por ela esta sempre acompanhada.

 

Crítica:

 

Outros , para se manterem firmes em sua opinião, quando questionados pela situação de Jesus, que solteiro era o maior dos evangelizadores, e Ele mesmo se denominou o Pastor, fez o que fez por ser Jesus.Que Ele não podia se contaminar com o casamento.

 

Refutação Bíblica:

 

Jesus mesmo, em João 14.12 diz que faríamos coisas maiores que Ele.E não determinou que para isto nos casasse ou não. Ele espera que nós façamos para Ele o nosso melhor.

 

E, quanto ao casamento, foi instituído por Deus, no Jardim do Éden, antes da queda do homem, assim, o casamento não contamina, nem purifica o homem (Gênesis 2.24).

 

Crítica:

 

Outros ainda afirmam que os solteiros não são capazes de aconselhar os casais por desconhecer os problemas deste.

 

Refutação Bíblica:

 

Na verdade voltamos ai ao próprio apóstolo Paulo que deu diversos conselhos aos casados sendo ele solteiro.

 

Paulo e Timóteo foram pastores solteiros. E alguns defensores do casamento dizem que eles não foram pastores, então que tipo de ministério exerciam estes líderes? O próprio apóstolo Paulo afirma em I Coríntios 4, 15, que é o pai dos fiéis daquele lugar e que os havia gerado em Cristo.

 

Algumas considerações sobre o assunto

 

Então só poderão aconselhar famílias com problemas de drogas, os pastores que foram usuários antes de conhecer ao Evangelho? Por acaso a sabedoria não vem de Deus, só para citar maios uma vez o próprio apóstolo Paulo, em I Coríntios 2, 6. No versículo 10 do mesmo capítulo, ele afirma que o Espírito conhece todas as coisas, até mesmo os segredos de Deus.

 

Na segunda carta aos Coríntios, capítulo 13, há uma refutação bíblica clara quanto ao fato de ser o apóstolo Paulo de fato pastor, já que ele adverte no verso 10, aquele povo que se eles não se consertarem, quando fosse ter com ele os repreenderia com rigor de sua autoridade. Fica aí uma pergunta para estes defensores da idéia de pastor somente casado, que pastor em sua sã consciência permitiria que seus membros fossem repreendidos por um líder inferior a ele?

 

Na primeira carta à Timóteo (3,1) o apóstolo Paulo ensina quais as qualificações para um bom bispo e ali fala até sobre este ter apenas uma esposa, mas se prestarmos atenção neste ponto, quem os ungiria? Timóteo, é obvio, dirão, já que é ele quem está sendo comunicado. Então para ungir alguém bispo pode ser solteiro? Há poder de unção nas mãos de qualquer um? A Bíblia ensina que é dever dos presbíteros a unção. Assim sendo, aí fica a questão, presbítero é ou não também pastor?

 

Enquanto estamos discutindo pequenos senão da Palavra, muitas almas estão indo para a perdição, por falta de conhecimento, e, para variar, estas indagações se é possível ou não um pastor solteiro, são geralmente geradas pela boca daqueles que tem algo próprio a esconder. Enquanto discutimos detalhes, outras coisas mais importantes vão deixando de ser notadas. Vidas são deixadas sem cura. Almas se perdem. Famílias se auto-destroem e os cristãos como sempre limitados a pequenos detalhes.

 

Alguns solteiros que foram pastores em sua época

 

• Jesus Cristo,

 

• João Batista,

 

O Profeta Daniel

• Paulo – segundo a História fora casado.

 

• Timóteo, que iniciou seu ministério no final da adolescência,

 

• Jeremias (16.2) – Isto ainda para servir para sua profecia, como sinal do que aconteceria a Israel na terra de sua peregrinação,

 

• Ezequiel, (24.16 e 18) – Além de cativo, este ainda perde a mulher, mas o Senhor avisa que não é para ele se lamentar, deveria continuar seu ministério,

 

• Daniel é outro profeta que também não era casado, dado sua condição de eunuco (1,7) mesmo que veio a ser homem de confiança de vários reis babilônicos. Foi levado á Babilônia na adolescência, mesmo sendo um nobre da casa de Judá, (1,3).

 

Fujamos da Legalidade

 

Jesus quebrou barreiras humanas em todo o seu ministério:

 

  • Jesus, sendo mestre e solteiro - se dirigiu a uma mulher no poço de Jacó;
  • A mulher, a quem Ele se dirigiu no poço de Jacó era samaritana - e judeus não falavam com samaritanos.
  • Jesus comia na casa de pecadores.
  • Jesus se hospedou e se dirigiu em público à um cobrador de imposto - Zaqueu.
  • Jesus chamou um cobrador de imposto para ser seu discípulo.
  • Jesus tinha um revolucionário como discípulo - Judas Iscariotes, da mesma vertente de Barrabás.

 

 

Na verdade, caso fosse respeitado algum costume, se de fato cristão tivesse alguma tradição e iniciar o ministério de Pastores Solteiros fosse considerado uma novidade. E esta novidade fosse questionada, poderíamos apresentara passagem de Jesus e a Samaritana.

Jesus e João Batista

 

Naquela época era incomum um rabino falar com uma mulher, e mais, um judeu não falava com um samaritano, qualquer fosse seu gênero. Historicamente os judeus trocavam de caminho para não cruzar com estes. Jesus tinha noção de que estava quebrando barreiras intransponíveis até então, porque estes filhos de Abraão foram desprezados justamente por uma questão religiosa Dt 27. 12,13. É necessário observar que Jesus tenha optado por viajar através da Samaria, em vez de escolher a rota alternativa usual, ao longo do rio Jordão.

 

 

Profeta Jeremias

 

Jesus quebrou todos os paradigmas da época. Aqui dois um judeu falar com uma samaritana e um mestre se dirigir em um diálogo extenso com uma mulher (João 4.7) sem a presença de seu marido.

 

E na sua cruz Jesus quebrou o maior deles, rasgou o véu do Templo, que separava o homem de Deus e fazia valer as diversas leis dos judeus que formalizava o fala e o adorar a Deus.

 

Devemos tomar cuidado com nossas discussões, para que não se estenda em desnecessárias discussões e dificultemos novamente o Caminho que Deus nos deu através de seu Filho.

 

 

Pelo que vemos no próprio Jesus, sempre quebrou barreira de interpretação. Os pregadores da época era sábios e em sua maioria, criados aos pés do sacerdote, mas Jesus chamou ilustres desconhecidos, empresário da pesca, cobrador de imposto, ex-possesso de demônios e os transformou em pregadores da Palavra.

*********************************************************************

 

Os judeus insistiam que a adoração era no Templo de Salomão, em Jerusalém. Os samaritanos, por outro lado, afirmavam que o verdadeiro centro de louvor era no monte Gerizim (o poço de Jacó estava localizado no sopé desta montanha). Os samaritanos apoiavam essa pressuposição num mandamento que Moisés dera ao povo de Israel antes de entrar na Terra Prometida. Depois que atravessassem o rio Jordão, seis tribos ficariam ao pé do monte Gerizim para abençoar o povo. As outras seis ficariam no monte Ebal, para pronunciar maldições (Dt 27.12,13). Os samaritanos concluíram que este evento estabeleceu o monte Gerizim como o local da adoração a Deus. Judeus e samaritanos constantemente viviam em discórdia por causa dessa questão.

 

 

 

 

 

 

 

 

 
Criar um Site Grátis    |    Create a Free Website Denunciar  |  Publicidade  |  Sites Grátis no Comunidades.net