Translate this Page

Rating: 2.9/5 (477 votos)




ONLINE
1




Bate-Papo IPCO

  


Get your own Chat Box! Go Large!

 


Nosso Blog

Leia, siga, comente e seja abençoado.

Pastor Sérgio

  

 

 


Total de visitas: 89826
 
Livre-se de Jacó!

 

Livre-se de Jacó!

 

Livre-se de Jacó
Gênesis 25-19
O que fazer com Jacó e com Esaú?
Introdução
Pastor Sérgio C Silveira
Bem, vocês já sabem que tenho prazer em chocar. Mas tenho algo a dizer: Há muitos outros "Eus" em mim. Dentro de mim há muitos outros Sérgios. Um chefe firme a às vezes grosso, o que é servo de Deus, um pastor bonzinho, um homem comum, mas eu olho para mim mesmo e me pergunto: era para ser assim? Afinal só tenho que ter em mim o Espírito Santo.
Assim acontecia com Rebeca, Isaque, Esaú e Jacó.
Rebeca amava Jacó e Isaque amava Esaú. Com o passar do tempo a diferença de tratamento entre pais e filhos era visível.
O que não fazer com meu Esaú e meu Jacó
Rebeca amava Jacó e Isaque amava Esaú.
  1. Não apadrinhar os dois. São seus inimigos. Os filhos de Isaque e Rebeca viviam esta situação. A mãe apadrinhava Jacó, o pai apadrinhava Esaú. Jacó aprontava das suas e Rebeca admirava, ai que bonitinho! Nossas diferenças, nossos erros, nós devemos abandonar. Só que achamos sempre uma boa desculpa: Foi Deus que me fez assim.
  2. Não podemos aprender a com viver com eles, mais tarde ou mais cedo o Esaú dentro de você, vende o que tem – seus direito – por um prato qualquer. Não se deve contentar com a Natureza. A Mensagem Cristã nos ensina que existe Redenção. Afinal, pau que nasce torto, não precisa morrer torto.
  3. Eu quero ser mudado. Só quando eu quero ser mudado é que mudo de fato. Não é apenas querer, é quando sinto que preciso. Jacó cansou de ser Jacó.
Falando dos diversos Eu
LENTILHA VERMELHA
Todos nós temos mais de um dentro de nós, só temos que lutar contra eles e buscarmos a mudança, o conter a Natureza que nos atrapalha em nossa caminhada.
Dentro de Rebeca existe 2 nações - Mesmo ali no aconchego do ventre materno, as duas crianças brigavam. Esaú era o primogênito, mas Jacó desejava sair primeiro. Esaú era o cabeludo. Quando Esaú nasceu era cabeludo e por isto recebeu este nome. Jacó, já olharam e viram que aquele menino não seria fácil. Assim ele recebeu este nome, Jacó, o Enganador. Eu imagino os pais olhando aquela criança e não tendo outro nome a dar a ele se não um que combinasse com sua cara de enganador.
Jacó armou o cenário para pegar seu irmão - Esaú tinha o direito a Primogenitura, mas, na opinião dele, para que ela valia se ele tinha fome. Jacó conhecia o ponto fraco de Esaú, afinal o maior defeito de Esaú era a volúpia, era o tipo de pessoa que não quer saber o preço de algo, mais ele quer agora, o que vale mesmo viver alucinadamente todas as emoções agora.
Falso ajudador- Já o defeito de Jaco era ser ardiloso, como as pessoas que também são assim, ele usava de qualquer meio se dar bem, se aproveitar da necessidade do outro. Pode até ajudar outro, mais o beneficiado é sempre Jacó.
O nosso outro- Todos nós temos Jacós e Esaús em nós, mas os dois precisam de redenção, só assim a imagem celestial que eu preciso ter em mim, pode ser formada. Para isto é necessário querer. Quando a pessoa diz: Eu quero. Deus diz: Deixa e expulsa todos os espíritos malignos que atrapalham sua vida, manipulando sua vontade. Só que é necessário não só ouvi ele dizer: Eis que estou a porta e bato (Apocalipse 3 – 20), mas abrir a porta e então Cearão juntos.
Ainda Jacó - Jacó quando viu seu irmão faminto, ele vendeu-lhe o alimento. Logo depois ele tomou a bênção do irmão utilizando-se de um plano maquiavélico com a ajuda de sua mãe.
Depois de tudo isto, ao saber que Esaú planejava matar seu irmão depois com a morte de seu pai, Rebeca o ajuda a fugir do problema, o proverbial cair fora.
O Exílio, Encontro com Deus e o Retorno
Enganando e sendo Enganado - O tempo passou, mais não tranquilo.
Agora na casa de Labão, 21 anos depois, eis Jacó enganando e sendo enganado. De primeira o tio o fez trabalhar pela filha mais nova e na hora do casamento, embebedou o genro e entregou a filha mais velha. E ele enganou o sogro para ter seu próprio rebanho em pagamento pelos anos extras de trabalho.
As decepções de Jacó era apenas sua colheita. Muitas vezes acreditamos que vamos ter que dar conta para Deus e esquecemos que vamos colher aqui o que plantamos.
Jacó, quando partiu para a casa de seu tio Labão, tivera um sonho e neste tivera seu primeiro contato direto com Deus. Acostumado a negociar para ganhar algo, faz um voto ao Senhor e promete servi-lo e ser-Lhe fiel, caso volte em paz para a casa de seus pais. A bem da verdade o primeiro amigo de Jacó foi Deus, afinal, quem quer ser amigo de um enganador?
Os anos se passaram, Jacó relaxou logo com sua relação com Deus e agora ao ouvir sua voz mais uma vez, o Senhor pede que ele retorne à casa de seus pais.
O Retorno
Agora Jacó pega seus bens, sua família, suas coisinhas todas e segue de volta para Betel e de encontro aos seus pais. No caminho, Jacó dividiu os seus em fileiras. Na verdade ele temia que Esaú tivesse ainda a vingança em seu coração. Assim, ao dividir sua família, Jacó ficou só, ele e sua tenda. Foi nesta situação que Jacó teve um novo encontro com Deus, afinal, é quando estamos mesmo só que Ele vem a nosso encontro. Ali começou aquela peleja que foi noite a dentro, até ele terminar ferido. Ali o Senhor mudou o nome de Jacó para Israel.
Agora, 21 anos depois do primeiro encontro, Jacó deixa de brincar de “crente”,deixando para trás seu embuste para assumir de vez seu compromisso com Deus.
Creio que o próprio Jacó orou pedindo a Deus para mudar – isto eu que estou falando – Olhou e viu sua família dividida, todos ameaçados pela vingança.
Certo é que Deus não entra na vida de ninguém sem autorização, a pessoa tem que abrir seu coração (Apocalipse 3-20). Sim, isto se a pessoa quiser de fato e de verdade, então o Senhor diz: “Eu entro”. Querendo mudar é só dizer.
Jacó estava tentando mudar. Ele não se prendeu naquela frase de lugar comum “Eu nasci assim”. Ali, ao permitir que Deus mudasse sua vida, ele estava admitindo como era miserável sua vida.
Na verdade muitos vivem com a desculpa de que está tentando, mas não adianta tentar apenas, tem que querer, então Deus entra e quebra tudo. Talvez ali Jacó insistisse: você não sai daqui enquanto eu não mudar.
Querer com ponto e vírgula, me libertar do meu Jacó, ai ninguém me ajuda, isto não funciona, não vai mudar mesmo.
Vinte e um anos com Deus mais enganado o próximo? Assim vivia Jacó mesmo depois de ter conhecido o Senhor quando seguia para a casa de Labão, isto porque ele não queria mudar.
Você é que determina se o diabo vai cirandar com sua vida.
Eu não acredito que Jesus se negue ate ajudar, se você quiser mudar.
É só você parar de se enganar dizendo que está bom do jeito que está.
Há muitos Jacós dentro de nós, há muitos Esaú dentro de nós, mas não é para ser assim, você saiu do Céu marcado para vencer, afinal você será uma nação.
Eu sei também que se habitar na sombra do Altíssimo - e isto é uma escolha – então verei se cumprir: Mil cairão ao teu (meu) lado, e dez mil à tua direita, mas não chegará a ti (Salmos 91:7). Jacó orava para Deus negociando, levando a Fé na gaita. Durante 21 anos achava que estava enganando ao Senhor.
Ele orou para ter bens, para se sair bem, mais quando Deus falou com ele estava respondendo a de 21 anos, de quando Jacó edificou um altar.
E assim é com você, Deus vai responder aquela oração que você fez quando fez seu primeiro altar. Não importa se está depredado ou se o que sobrou é pouco.  
 
Agora Jacó é direcionado a pegar tudo e seguir, pois era a hora do Senhor agir. A velha criatura de Jacó ainda ardia forte nele, pois no caminho planejou enganar mais uma vez seu irmão Esaú, desta vez dividindo a família.
Jacó sabia que Esaú vinha com um exército ao seu encontro, já sabedor que o irmão voltava à Terra de seus pais.
O Encontro
Jacó chegou até seu irmão e prostrou-se. Ali, humilhado em si mesmo, estava não Jacó, mas Israel e este viu na face do irmão como se visse a face de Deus (Gênesis 33-10). E não se pode ver o semblante Deus na face de quem não mudou, sendo assim, o Senhor já trabalhara no coração de Esaú. Assim voltemos ao se quiser mudar eu mudo, afinal Deus não vai fazer nada na sua vida que você não queira. Deus não te obriga a nada. Deus só age naquilo que você permita que Ele agir.
Na vida é sempre mais fácil acusar os outros do que assumir nossas responsabilidades, e, neste caso, assumir que quem não quer ser mudado é você. Deus bate na porta sempre, Ele não entra sem permissão (Apocalipse 3-20).
Até então Jacó achava conveniente levar a vida na enganação.
Enquanto isto, em Betel, o altar outrora levantado era desgastado pelo tempo, sem cuidados, agora você tem que voltar lá onde começou e vai ter que restaurar seu altar, não interessa quanto tempo passou, com o tijolo que sobrou você vai refazer seu altar. Sua aliança é o seu altar, é seu momento de intimidade. Você pode até esquecer, mas Deus não esquece e por isso mesmo você vai ter que voltar e restaurar.
Conclusão
Foi no momento em que Jacó estava só, quando tudo o que lhe restava era a si próprio, que o Anjo do Senhor apareceu.
É também nestes momentos que devemos entregar-nos a Deus em nossa oração, pois é a hora que ninguém aparece para atrapalhar. Então, livre-se de Jacó, afinal você pode dizer dele que (…) O bem que quero, mas o mal que não quero esse faço (Romanos 7:19), mas sabe que quando você declarar que viua Deus, face a face e a minha vida foi salva (Gênesis 32:30) então de fato tudo se fará novo. Afinal um encontro com o Senhor forma em nós um novo caráter, gerando em nós, dia a dia, o Espírito Santo, formando o mesmo caráter de Jesus.
Para livrar-se de Jacó ou Esaú, você precisa entender que não é questão de vencer o diabo, é vencer a si mesmo, pois quando digo não consigo. Estou dizendo: Não quero!
Permita que o seu Jacó e seu Esaú sejam lavados por Deus, pelo Sangue de Jesus - Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado (1 João 1:7) - , mais para isto é necessário você querer mudar. Quando assumo que quero mudar abro a porta para que o Senhor mude minha vida de fato, transforme minha natureza. E minha Natureza só pode ser mudada quando Deus chama Jacó e lhe diz: Não serás mais Jacó e sim Israel. Príncipe de Deus.
Jacó só deixa de existir em nós mediante um processo diário de libertação, quando nos permitimos que a mudança seja efetiva. E para isto é necessário entendermos que vai doer, que posso sair ferido. Jacó saiu ferido depois que lutou com o Senhor, só que foi assim que ele passou a ser Israel e é como seus descendentes são conhecidos, o povo de Israel.
Muitos clamam por ser iguais a Abraão ou outros heróis bíblicos, pois eu não quero ser igual a ele, ou a Jacó, Isaque, Sara ou Josué, quero sim é formar em mim o caráter de Jesus.
Quanto a você, veja aonde tem Jacó e Esaú em sua vida e livre-se deles, convidando e deixando Jesus Cristo entrar em sua vida.
Recanto das Letras
 
 

0 Comente aqui:

Criar um Site Grátis    |    Create a Free Website Denunciar  |  Publicidade  |  Sites Grátis no Comunidades.net